Meditação para a Páscoa e Pentecostes

Não são certamente raros os que, cansados da linguagem excessivamente difusa dos livros, desejam encontrar dentro de um estilo conciso e de poucas palavras o pão de vida e o entendimento. Com o Cristo ressuscitado como exemplo de nossa regeneração espiritual, Santo Tomás de Aquino abre uma série de meditações sobre a vida nova, pela graça, pela conformação a Cristo que sobe aos céus, pelos efeitos do Espírito Santo e pela Eucaristia. Essa série termina na festa do Sacratíssimo Coração de Jesus.

Santo Tomás de Aquino (1225-1274) nasceu em Roccasecca, na Sicília. De família nobre, fez seus primeiros estudos no Castelo de Monte Cassino. Em Nápoles, estudou as artes liberais, ingressando, em seguida, na Ordem dos Dominicanos, em 1244. Em Paris, foi discípulo de Santo Alberto Magno, formou-se em Teologia e lecionou durante anos na universidade local. Em 1274, convocado pelo Papa Gregório X, viajou para participar do Concílio de Lyon. Durante a viagem, adoeceu e morreu no Mosteiro Cisterciense de Fossanova, aos 49 anos de idade. Chamado de Doutor Angélico e de Príncipe da Escolástica, Santo Tomás de Aquino foi canonizado em 1323 e proclamado Doutor da Igreja em 1567.

FICHA TÉCNICA:

Autor: São Tomás de Aquino

Páginas: 264

Editora: Ecclesiae

Saiba mais sobre o livro e como adquiri-lo clicando AQUI.