Mais de 80 títulos independentes serão lançados na Bienal do Livro de Alagoas

Livros têm temas variados e são de autores de diversas regiões do Brasil Cumprindo com o compromisso de incentivar e prestigiar a produção literária independente, a 9ª Bienal Internacional do Livro de Alagoas apoia o lançamento de 82 obras de autores brasileiros. A programação acontecerá do dia 02 ao dia 10 de novembro, na “Praça de Autógrafos Paraísos de Papel”, que estará localizada no Espaço Armazém, no ‘coração’ da emblemática Rua Sá e Albuquerque, mesmo local da feira de livros. A Praça recebe esse nome em homenagem a obra homônima ilustre escritor alagoano Lêdo Ivo. Na ocasião, escritoras e escritores de Alagoas, Sergipe, Pernambuco, Bahia e do Distrito Federal devem realizar rodadas simultâneas de lançamentos das obras, bem como a exposição, venda de livros e sessão de autógrafos. Clique aqui e confira quem são os autores e seus respectivos dias de lançamento. A Praça de Autógrafos preza pela democracia, respeita a […]

» Leia mais

Feira do Livro de Porto Alegre: 65 anos de resistência a céu aberto

Mantendo slogan de sua estreia, “se o povo não vem à livraria, vamos levar a livraria ao povo”, feira inicia nessa sexta Em meio à crise do mercado editorial brasileiro, que se aprofundou ainda mais no ano passado, com os pedidos de recuperação judicial da empresa Bookpartners, distribuidora de livros, assim como das livrarias Cultura e Saraiva, tendo essa última, encerrado esse ano as atividades de uma de suas filiais que se localizava no centro da capital, estreia nessa sexta-feira (01), a 65ª Feria do Livro de Porto Alegre. A maior Feira do Livro a céu aberto da América Latina ocupará, até o dia 17 de novembro, a Praça da Alfândega, no centro da capital gaúcha. Promovida pela Câmera Rio-Grandense do Livro (CRL), o lema desse ano será “Curiosidade é o que nos move”. E pelo quarto ano consecutivo terá uma mulher como patrona. Idealizada pelo jornalista Say Marques, na […]

» Leia mais

Bienal internacional do Livro reúne mais de 100 expositores em Olinda

Evento começa na sexta-feira (4) e segue até o dia 13 de outubro, no Centro de Convenções, das 10h às 22h. Estão previstas 120 horas de atividades, segundo organizadores. A XII Bienal Internacional do Livro de Pernambuco tem início na sexta-feira (4), no Centro de Convenções, em Olinda, no Grande Recife. O evento, que tem como tema “Histórias para Resistir”, será realizado até domingo (13), das 10 às 22h. A programação conta com mais de 100 expositores, segundo os organizadores. Os ingressos custam R$ 5 (meia entrada), R$ 7 (com entrega de um quilo de alimento não-perecível ou um livro usado que não seja didático) e R$ 10 (Inteira). Considerada a maior feira literária do Nordeste, a bienal tem na programação lançamentos, oficinas e palestras. Ao todo, segundo os organizadores, são 120 horas de atividades. O poeta Solano Trindade (in memoriam) e Sidney Rocha são os autores homenageados desta edição da […]

» Leia mais

Escritoras vão autografar livro sobre adoção que inspirou série de tevê

Autoras estarão em Porto Alegre no dia 13 de setembro Ana Amélia Macedo, mãe de duas crianças adotadas, e Solange Diuna, psicóloga e perita judicial, estarão em Porto Alegre na próxima semana para autografar a série de livros Histórias de Adoção, que já conta com duas edições — uma com relato de pais, e outra, de mães.  O encontro com as autoras, que vivem no Rio de Janeiro, também contará com a exibição do documentário Buscando Helena, curta-metragem produzido e dirigido por Ana Amélia e o marido, Roberto Berliner, sobre o processo de adoção da filha do casal. A primeira edição do livro, dedicada às mães, foi publicada em 2010, e inspirou a série de TV documental homônima, no GNT. O programa contou com depoimentos de algumas mulheres entrevistadas para o livro e seus familiares. Buscando Helena foi exibido como episódio de estreia do projeto. Já a edição sobre os […]

» Leia mais

Bienal do Livro do Ceará inicia nesta sexta abrindo espaço para vozes e resistências das juventudes

Atividades integrantes do eixo Literatura Juventude Periferia potencializam novos olhares sobre práticas de escrita e leitura nas cartografias periféricas das cidades Se considerarmos que a literatura é arte que não se limita somente ao papel, ao livro propriamente dito, vamos notar a ampla presença dela nas periferias das cidades desde há muito tempo. A percepção ganha contorno na fala de Talles Azigon. O mediador de leituras, editor e contador de histórias situa que, nos bairros distantes do centro, sempre se contou e escutou narrativas, o que sinaliza, portanto, um abrangente consumo das diferentes vertentes literárias, sobretudo naquela baseada na oralidade. “O acesso ao livro, contudo, é outra questão”, pondera. “Não é que a gente não goste, não é que a gente não leia. Acontece que é um direito que nos é negado. Porém, nos últimos anos, devido a muitos fatores – incluindo, por exemplo, a abertura democrática ao ensino superior e investimentos […]

» Leia mais

Bairro de Fernão Velho vai receber a primeira festa literária

Fundação Municipal de Ação Cultural (Fmac) e a Secretaria Municipal de Educação (Semed), em parceria com a Associação Cultural Alagoa do Sul e a Associação dos Moradores de Fernão Velho, lançou, nesta quinta-feira (25), na sede da CBTU/Estação Central, a programação da primeira Festa Literária de Fernão Velho (Flifev). O evento, que será realizado de 1 a 3 de agosto, vai contar com exposições artísticas, mesas de debates e apresentações culturais. O lançamento da Flifev, que tem a poetisa e contista Cora Coralina e o professor José Fernandes de Lima como homenageados, ocorreu em uma data bastante significativo, já que hoje é o dia do escritor. Vinícius Palmeira, presidente da Fmac, ressalta que a importância do evento começa pela escolha do local. “É um bairro extremamente tradicional, com uma história de indústria fabril muito bonita. A programação inclui cultura com leitura, música, além das importantes homenagens”, disse Palmeira. Fernão Velho […]

» Leia mais

Feira do Livro de Resende vai homenagear poeta, jornalista e ativista social Narcisa Amália

Ela ficou conhecida em todo o país pelos artigos e prosas em apoio ao fim da escravidão, além de ser defensora da mulher e de minorias. Evento vai acontecer de 6 a 9 de junho. A poeta, jornalista e ativista social Narcisa Amália foi escolhida para ser a grande homenageada na edição 2019 da Feira do Livro de Resende, a Flir. Ela foi a primeira mulher a atuar como jornalista no Brasil, sendo conhecida por todo país pelos artigos e prosas em apoio ao fim da escravidão, além de ser defensora da mulher e de minorias. A 5ª edição da Flir vai ser realizada de 6 a 9 de junho, sempre das 9h às 21h, na Área de Exposições de Resende, no Sul do Rio de Janeiro. Uma exposição na entrada do evento vai mostrar a trajetória de Narcisa Amália. Também terá uma mesa de conversa sobre a vida da […]

» Leia mais

Lançado edital do 1º Concurso Literário de Santarém sobre males causados pela poluição sonora

Estudantes do 7º, 8º e 9º ano do ensino fundamental poderão participar do concurso com redações dissertativas. Com o objetivo de mobilizar e sensibilizar estudantes, e levantar reflexões para toda a sociedade a respeito dos problemas causados pelo excesso de barulho, será realizado em Santarém, oeste do Pará, o I Concurso Literário de Santarém sobre Poluição Sonora. O edital com as regras do concurso foi publicado nesta segunda-feira (29). Voltado tanto a alunos das escolas da rede pública (municipais e estaduais) quanto particular de ensino, o concurso é uma iniciativa do Fórum da Comarca de Santarém, Prefeitura, por meio das secretarias municipais de Meio Ambiente (Semma) e Educação (Semed), além do Governo do Estado do Pará, por meio da 5ª Unidade Regional de Ensino (5ª URE). A iniciativa tem como tema “Poluição sonora: Respeito é saber ouvir”. A partir desta proposta os alunos poderão desenvolver redação dissertativa com as mais diversificadas abordagens […]

» Leia mais

Bienal do Livro Rio lança ‘Boulevard do Livro’

Novo espaço contará com cerca de 16 estandes de 15m² e possibilitará a participação de editoras com perfis e tamanhos variados Pensando em dar mais visibilidade para os selos e editoras de todos os portes e regiões do Brasil, a Bienal Internacional do Livro do Rio (30/08 a 8/09) lança este ano o Boulevard do Livro, espaço criado sob medida para dar visibilidade às editoras em ascensão que participam do evento. “Os nove dias de evento são muito onerosos para algumas editoras, principalmente de fora do Rio de Janeiro, e com o Boulevard do Livro elas terão a oportunidade de expor seus catálogos, com um promotor próprio, e contar com a operação comercial e logística de um parceiro muito conceituado”, destaca Marcos da Veiga Pereira, Presidente do SNEL. A área foi pensada para atender às necessidades de um grupo cuja importância cresce a cada dia no mercado literário e tem como […]

» Leia mais

UFSCar realiza Feira do Livro entre os dias 7 e 9 de maio

Em sua 16ª edição, evento terá a presença de editoras universitárias e comerciais oferecendo descontos; confira A UFSCar realiza entre os dias 7 e 9 de maio a sua já tradicional Feira do Livro. Esta é 16ª edição do evento que, em 2019, terá, além de 29 editoras oferecendo descontos em centenas de títulos, uma programação cultural com palestras, oficina, bate-papos, lançamentos e a grande novidade deste ano, a Feirinha do Livro. Todas as atividades são gratuitas.  Na quarta-feira, dia 8/5, às 15 horas, no Auditório 2 da Biblioteca Comunitária (BCo), na área Norte do Campus São Carlos da Universidade, acontece bate-papo com Cris Olivieri, uma das autoras do livro “Direito, Arte e Liberdade”, que aborda os limites da expressão artística sob a perspectiva do Direito – assunto que se tornou um dos mais relevantes na área da Cultura no Brasil hoje, após diversos casos de intolerância à diversidade. Também […]

» Leia mais
1 2 3 5