Brothers se rendem à leitura: saiba quais são os livros preferidos na casa do BBB

Entre intrigas, amores, e muita festa, os participantes do Big Brother Brasil 17 ainda arranjam tempo para a leitura. Veja quais são os livros preferidos dos BBBs, apontados por eles para a produção do programa antes de entrarem na casa.

Daniel: “Os elefantes não esquecem”, Agatha Christie

Publicado em 1975, este foi o penúltimo livro escrito pela romancista britânica, mestre do suspense e uma das maiores vendedoras de livros de todos os tempos. Aqui, a personagem principal, Ariadne Oliver, é questionada sobre um caso de assassinato que aconteceu há 15 anos.

Elis: “O Segredo”, Rhonda Byrne

Best-seller do início dos anos 2000, “O Segredo” virou filme, com igual sucesso de bilheteria. A máxima de que o universo conspira a nosso favor ainda hoje inspira a sister Elis.

Capa da edição do clássico de Saint-Exupéry publicada pela HarperCollins Brasil
Capa da edição do clássico de Saint-Exupéry publicada pela HarperCollins Brasil Foto: Reprodução

Ieda: “O pequeno príncipe”, Antoine de Saint-Exupéry

Recheado de mensagens inspiradoras, o livro do francês Antoine de Saint-Exupéry não é apenas o preferido das misses e das sisters. O ‘princepesinho’ é um dos personagens mais queridos por crianças e adultos de todo o mundo!

Ilmar: “Admirável mundo novo”, Aldous Huxley

Mais um escritor inglês entre os preferidos dos brothers. O advogado e cozinheiro Ilmar escolheu o clássico, de 1932, que fala de uma sociedade em que as pessoas são pré-condicionadas

Marcos: “Ponto de Virada”, Malcolm Gladwell

Best-seller nos Estados Unidos, trata das mudanças que, embora pequenas, surtem efeito extraordinário. O livro da editora Sextante já vendeu mais de cinco milhões de exemplares.

Marinalva: “Não se deixe manipular pelos outros”, Wayne Walter Dyer

A auto-ajuda é o gênero do escritor americano Wayne Walter Dyer, morto em 2015. O livro mostra como se prevenir contra as armadilhas do abuso e optar sempre por uma escolha firme.

‘O Dono do Morro’ é o livro preferido do brother Pedro
‘O Dono do Morro’ é o livro preferido do brother Pedro Foto: Divulgação / Companhia das Letras

Pedro: “O dono do morro”, Misha Glenny

A história real de Nem, ex-chefe do tráfico da maior favela da América Latina, a Rocinha, é a atual queridinha do jornalista. O livro foi escrito pelo também jornalista e historiador britânico Misha Glenny a partir de uma série de entrevistas feitas na prisão de segurança máxima onde Nem está preso.

Roberta: “Los Angeles”, Marian Keyes

No auge dos seus 21 anos, Roberta escolheu um título da rainha do chick-lit, a autora irlandesa Marian Keyes. O sucesso entre os jovens é tanto que ela já vendeu mais de 22 milhões de exemplares, traduzidos em 32 idiomas.

Rômulo: “Em alguma parte alguma”, Ferreira Gullar

A seleção de poemas do consagrado escritor brasileiro, que faleceu em dezembro do ano passado, é o livro de cabeceira do diplomata. “Em alguma parte alguma” foi lançado em 2010 pela editora José Olympio e traz 58 poemas de Gullar.

Fonte: Extra